Subscribe:

terça-feira, 16 de outubro de 2018

ELEIÇÕES 2018: Haddad tenta conciliar ânimos após declarações de Cid Gomes: "Ele é meu amigo"

Fotos: Google Imagens/Reprodução
Do BRASIL 247
charlesnasci@yahoo.com.br

O candidato do campo democrático à Presidência da República, Fernando Haddad (PT), colocou água na fervura levantada pelas declarações do senador eleito pelo Ceará Cid Gomes (PDT). Para Haddad, a situação foi "uma coisa meio acalorada. Não vou ficar comentando isso até porque eu tenho uma amizade com o Cid, ele fez elogios à minha pessoa", disse Haddad. A tentativa de acalmar os ânimos veio após Cid Gomes, irmão do derrotado à Presidência da república pelo PDT, Ciro Gomes, afirmar que o PT perderá "feio" a eleição caso não faça uma mea culpa, além de chamar a militância de "babaca".

Você também viu?
ELEIÇÕES 2018: "O PT deste jeito merece perder", diz Cid Gomes em ato pró-Haddad

Utilizando um tom conciliador, Haddad ressaltou preferir ver o lado "positivo" das críticas do pedetista e disse que a amizade entre eles permanecerá a mesma. As declarações de Cid Gomes foram feitas na última segunda-feira (15), durante um ato de apoio a Haddad em Fortaleza (CE). Na ocasião, Cid discutiu com militantes do PT e, embora tenha declarado apoio ao candidato, cobrou que o partido fizesse uma mea culpa sobre os erros cometidos no período em que ficou à frente do Executivo Federal.