Subscribe:

quarta-feira, 22 de abril de 2015

Quatro alunas de Casinhas são selecionadas pelo programa Ganhe o Mundo e viajarão para o Canadá e a Argentina

Três das quatro estudantes selecionadas são filhas de agricultores residentes na comunidade rural do Catolé
Vívia, Rosivilma Elaine e Joana foram as alunas do EREM João XXIII classificadas pelo programa de intercâmbio implantado pelo Governo do Estado e embarcarão em julho para o exterior (Foto: Marcelo Andrade/Divulgação)
Da redação
charlesnasci@yahoo.com.br

Quatro alunas da cidade de Casinhas, estudantes da Escola de Referência em Ensino Médio João XXIII, foram selecionadas pelo programa Ganhe o Mundo, implantado pelo Governo do Estado de Pernambuco através da Secretaria Estadual de Educação (SEE), que tem como objetivo ofertar aos estudantes do ensino médio da rede pública estadual cursos de idiomas em inglês e espanhol, além de intercâmbio internacional em países de língua inglesa e espanhola. As alunas classificadas foram Joana Amália Almeida de Morais, residente no centro de Casinhas e filha de uma professora, e Vívia Lima da Costa Silva, Rosivilma Pereira de Sousa e Elaine da Silva Lima, todas as três residentes no sítio Catolé e filhas de agricultores. Elas viajarão para o Canadá e a Argentina para aprender inglês e espanhol. O embarque está previsto para o mês de julho. Ao todo, cerca de mil alunos de todo o Estado foram selecionados no teste.

A prefeita de Casinhas, Rosineide Barbosa, comemorou a excelente notícia. "Fiquei muito feliz quando soube e quero aproveitar para parabenizar cada aluno, estudante, professores e pais. Afinal, esta é uma construção coletiva, todos os envolvidos tem sua parcela de contribuição, e eu, como prefeita, mãe e casinhense me coloco à disposição e disponho o Governo Municipal no que for preciso para que estas alunas sigam com este processo. Não podia ser de outra forma. Sei que apesar de muitos obstáculos enfrentados pela Escola João XXIII, os educadores têm se doado ao máximo e está aí o resultado, que atribuo não apenas aos professores atuais, mas a todos os que contribuíram com a aprendizagem dessas meninas", destacou Rosineide.

O professor e assessor especial da prefeita, Agaci Soares, também vibrou bastante com a seleção das alunas. "Senti uma grande felicidade quando fui informado. Acreditar no aluno é parte fundamental de uma escola, de um professor, e eu me recordo de quantas coisas boas tivemos para comemorar com essas meninas quando assim foram alunas do Colégio São Luiz. Quero, de forma expressiva, parabenizar todas, seus pais, irmãos, professores, colegas de sala, enfim, de uma forma genuína a todos os participantes do processo. Desejo que todas elas sigam neste caminho de aprender e me orgulho muito que de uma terra sofrida, com tantas desigualdades sociais, estamos superando obstáculos e provando a capacidade de uma comunidade", comemorou Soares, que também é natural do Catolé.