quinta-feira, 10 de agosto de 2017

MULHER: Encontro discute formação de Grupo Técnico visando o fortalecimento das políticas públicas para mulheres em Casinhas

Além do GT, também foi anunciado a efetivação do projeto que permitirá que o município finalmente tenha direito à cota do FEM Mulher lançado pelo Governo do Estado em 2015
A coordenadora regional da Secretaria da
Mulher de PE, Taysa Andrade, fez importante
explanação no encontro (Foto: Henrique Silva/Divulgação)
Da REDAÇÃO
charlesnasci@yahoo.com.br

Na última terça-feira (8), um encontro promovido pela Coordenadoria da Mulher de Casinhas, ocorrido no prédio do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), no Centro, deu um passo muito importante em relação ao fortalecimento das políticas públicas para as mulheres do município de Casinhas. Na ocasião, foi formado um Grupo Técnico (GT), "com o objetivo de juntar profissionais de diversas áreas que possam dar sua contribuição em prol desse fortalecimento", como assinala a coordenadora da Mulher de Casinhas, Carla Cabral.
Foto: Henrique Silva/Divulgação
O encontro contou com a presença da coordenadora regional da Secretaria da Mulher de Pernambuco, Taysa Andrade, que fez explanações enriquecedoras acerca das articulações que deverão ser feitas para a efetivação de conquistas para as mulheres de Casinhas. "Uma das questões levantadas por Taysa refere-se ao Fundo Estadual de Apoio às Políticas Públicas Municipais para as Mulheres, o FEM Mulher, que foi lançado pelo governador Paulo Câmara em 2015, mas que foi ignorado pela gestão passada e só agora, em apenas três meses que estou à frente da coordenadoria da Mulher de Casinhas, conseguimos realizar o projeto que habilita o município a receber o valor equivalente a 5% dos recursos totais da cota-parte do seu FPM", frisou a coordenadora municipal.
Foto: Henrique Silva/Divulgação
É importante destacar que, com acesso aos recursos garantidos através do FEM Mulher, a Prefeitura de Casinhas, assim como as demais prefeituras pernambucanas, poderão priorizar ações de fortalecimento sociopolítico e econômico das mulheres, além de dar capilaridade às políticas públicas de gênero. Os planos de trabalho das prefeituras - a serem validados pelas secretarias estaduais da Mulher e de Planejamento - devem abranger a implantação de centros de referência especializados para mulheres em situação de violência; aquisição de material para estruturar políticas públicas; a realização de campanhas de enfrentamento à violência contra a mulher; ações de formação sociopolítica, estudos e pesquisas de gênero; além de apoio ao empreendedorismo, entre outras coisas.
Foto: Henrique Silva/Divulgação
Estiveram presentes no encontro a vice-prefeita Maria Pires, secretária de Assistência Social, Ediluce Leal, o secretário de Agricultura, André Ferreira, o vereador Marcelo Andrade, a vereadora Amor de Maria Pires, a diretora administrativa da Unidade Mista Cecília Leal de Miranda, Cristiana Souto Maior, o diretor de Cultura e Eventos, Falberto Leandro, o diretor de Ensino, Givanildo Melo, o diretor de Juventude, Janaildo Junior, representantes do Conselho Tutelar e a ex-coordenadora executiva do Movimento da Mulher Trabalhadora Rural do Nordeste (MMTR-NE), Margarida Pereira, entre outras pessoas. "De uma forma muito especial, a Coordenadoria da Mulher de Casinhas agradece a presença de todos e reforça a suma importância do momento e da participação de todos. E como bem disse Taysa Andrade 'não podemos de forma alguma dizer que Casinhas está calada'", finalizou Carla Cabral.