Subscribe:

quarta-feira, 13 de janeiro de 2021

Em entrevista, prefeita Juliana de Chaparral fala sobre as ações que começam a dar uma "nova cara" ao município de Casinhas


Da REDAÇÃO
charlesnasci@yahoo.com.br

A prefeita de Casinhas, Juliana de Chaparral (DEM), falou na manhã desta quarta-feira (13) sobre a "herança de desmandos" deixadas pela gestão anterior e as primeiras ações que já começam a dar uma "nova cara" ao município. Foi em entrevista concedida ao programa "Jornal Integração", na Rádio Integração FM.

ACOMPANHE:


SERVIÇOS E INFRAESTRUTURA

"Eu ainda vou tornar público todas as escolas como a gente encontrou, todos os postos de saúde, o hospital, que não tem computador, não tem equipamentos para trabalhar, mas aos poucos nós estamos dando a nossa forma. Já está sendo feita uma limpeza em todas as ruas, estamos ainda concluindo. Tiramos mais de 15 carradas entre lixo e metralha espalhada pelas ruas. Ontem limpamos o canal. Hoje estaremos com um caminhão para esgotar a fossa do hospital, que está lá esborrando e a gente não pode deixar isso acontecer".

SALÁRIOS ATRASADOS

"Começamos a ter acesso aos sistemas na última sexta-feira, depois de muita resistência das pessoas que trabalhavam anteriormente à nossa gestão, porque o contador e as outras empresas tiraram tudo da Prefeitura, ficamos sem ter acesso a nada. Mas já estamos com um contador que está fazendo um saldo de todos os valores a serem pagos ainda. Encontramos, por exemplo, empenhos que não tinham relevância, como dedetização de escolas e compra de livros, que foram feitos sem necessidade, enquanto os servidores da educação não receberam seus salários. Vou me organizar para, ainda esta semana, fazer uma live mostrando pra todo mundo. Quero deixar uma explicação a todos os professores que não receberam o mês de dezembro: eu só posso pagar a folha de dezembro quando tiver dinheiro pra pagar a minha folha do mês e a folha que o ex-prefeito [João Camêlo, do PSB] deixou, mas de forma organizada."

EDUCAÇÃO

"Já nomeamos os diretores das escolas, iremos fazer uma reunião com todos eles. As matrículas estão sendo feitas. Estamos tendo muita dificuldade nas escolas, porque não tem mobiliário, não tem equipamentos em funcionamento para os professores, pegamos, de fato, todas as escolas sucateadas e isso nós vamos mostrar em fotos. Eu vou mostrar e vou provar".

EMPREGOS

"Estou todos os dias na Prefeitura e, infelizmente, a nossa maior demanda é a questão de emprego. Na campanha, eu já dizia que não prometia emprego a ninguém porque eu sabia que a situação era séria. E hoje eu já atendi várias pessoas que já faz mais de 16 anos que deram expediente na prefeitura, outras que nunca deram, outras que ficaram a vida toda permutadas. Tivemos uma decisão, baixamos um decreto, não podemos ter gratificação, permutas ou cedências no município. Enquanto a folha de pagamento não baixar e todos os funcionários não estiverem localizados, não podemos focar em outra coisa".

OPORTUNIDADE DE PROFISSIONALIZAÇÃO PARA A POPULAÇÃO

"Aqui em Casinhas, como sempre digo em todas as minhas entrevistas, eu encontrei um povo muito bom, de um coração gigantesco, disposto a trabalhar. Agora, infelizmente, falta oportunidade. Não é todo pai de família que tem condições de pagar um curso para seu filho. A gente conta no município as pessoas que tiveram oportunidade de ter um curso universitário e eu prometi que ia dar qualidade de vida para esse povo. E eu vou dar. Neste sentido, lançamos o Programa Profissionaliza Casinhas e até a próxima sexta-feira estamos ofertando inscrições para 5 cursos profissionalizantes, com um total de 300 vagas, tudo gratuito. Todos vão ter o curso, receber seu certificado e estarem aptos para o mercado de trabalho".