Subscribe:

segunda-feira, 5 de abril de 2021

Covid-19 mata Júnior Araponga, ex-liderança do antigo PPS em Surubim


Do CORREIO DO AGRESTE
charlesnasci@yahoo.com.br

Faleceu às 5h desta segunda-feira (5), no Hospital Provisório Recife 1 (HPR 1), na Rua da Aurora, na capital pernambucana, o professor Junior César de Lucena Duda, mais conhecido por Júnior Araponga, de 50 anos. O educador estava internado há cerca de 20 dias em tratamento da Covid-19. Na última semana, o quadro de saúde dele se agravou levando-o a ser entubado. Apesar de morar em Recife, onde trabalhava na rede estadual de ensino, Júnior Araponga não perdeu os laços com a sua terra natal e era pessoa bastante conhecida na sociedade surubinense.

Em 1996, ele tentou ser candidato a prefeito de Surubim, pelo PPS (Partido Popular Socialista), hoje Cidadania, mas desistiu da disputa e decidiu apoiar José Arruda, que foi eleito na época. Em 1997, quando assumiu a gestão municipal, José Arruda o nomeou vice-diretor da Escola Oliveiros de Andrade Vasconcelos.

Júnior Araponga era filho de Neci Lucena e sobrinho da empresária Onilda Flores. Ele deixa uma filha e um casal de irmãos, entre eles o pastor Túlio César. O sepultamento aconteceu no Cemitério São José em Surubim, seguindo as medidas sanitárias para vítimas do novo coronavírus.